Número total de visualizações de página

2 de maio de 2014

A poesia é indestrutível

Ilustração de Sonia MariaLuce Possentini


Minha fé em todas as colheitas do futuro


se afirma no presente. E declaro, por muito


que se saiba, que a poesia é indestrutível.



Pablo Neruda, Discurso en Chile, in Presentes de um poeta, Arte Plural ed., 2003, p. 73

Sem comentários:

Enviar um comentário