Número total de visualizações de página

16 de dezembro de 2012

Cozinha, metáfora de mobilidade

O antropólogo [Claude Lévi-Strauss] ensina-nos que a cozinha é metáfora da própria existência humana, pois distingue o homem, precisamente esta capacidade de viver na transformação, numa mobilidade que não é só geográfica.

Ilustração de Solenn Larnicol 
Ora a metáfora da cozinha fala da transformação como um benefício.


Tolentino Mendonça, "Pensar Deus a partir do cru e do cozido",
in Nenhum caminho será longo, Para uma teologia da amizade

 

Sem comentários:

Enviar um comentário