Número total de visualizações de página

1 de janeiro de 2018

Comprar um lírio

Ilustração de Minna Immonen

O utilitário passou a ser a regra de avaliação das nossas sociedades, mas precisamos também do inútil. Ao lado do pão precisaremos sempre de rosas. Ou melhor: em momentos-chave da nossa existência, se não forem as rosas a sustentar-nos, nem o pão nos servirá. Um dos grandes mestres da poesia chinesa, Li Po, tem um poema curto onde recomenda: "Vende um dos teus pães e compra um lírio."



José Tolentino Mendonça "Trocar o pão por um lírio" 
in O pequeno caminho das grandes perguntas, Quetzal, 2017, 1ª ed., p. 30


Sem comentários:

Enviar um comentário