Número total de visualizações de página

2 de abril de 2015

Tempo de silêncio

Ilustração de Laimonas Smergelis


Tempo de solidão e de incerteza 
Tempo de medo e tempo de traição 
Tempo de injustiça e de vileza 
Tempo de negação 


Tempo de covardia e tempo de ira 
Tempo de mascarada e de mentira 
Tempo que mata quem o denuncia 
Tempo de escravidão 



Ilustração de Laimonas Smergelis

Tempo dos coniventes sem cadastro 
Tempo de silêncio e de mordaça 
Tempo onde o sangue não tem rastro 
Tempo de ameaça 


Sophia de Mello Breyner Andresen, "Data (à maneira d'Eustace Deschamps" in Livro Sexto

Amor

Não é porque Deus nos ama que nós devemos amá-Lo. É porque  Deus nos ama que nos devemos amar. Como é possível amar-se a si mesmo sem este motivo?

Ilustração de Andrew Ferez


O amor a si mesmo é impossível ao homem, a não ser através deste subterfúgio.

Simone Weil, in A gravidade e a graça, Relógio d'Água, 2004, col. Antropos, p. 65