Número total de visualizações de página

29 de setembro de 2015

Sissi

Ilustração de Masha Kurbatova

Os soluços fizeram-na estremecer, o corpo apertava-se contra o espartilho, fazendo-a crispar-se de dor e de falta de ar. Agarrando-se ao peito, aceitou a dor. Era uma pequena penitência pelo ato egoísta e inexplicável de se apaixonar pelo noivo da irmã. E, pior ainda, por se sentir feliz com o facto indiscutível de que ele parecia amá-la também. Amá-la a ela, Sissi, embora Helena lhe estivesse prometida, E assim, no meio da escuridão, chorou.


Allison Pataki, in Sissi - Imperatriz por amor, 20/20 Editora,p. 141

Sem comentários:

Enviar um comentário