Número total de visualizações de página

16 de julho de 2014

Deus é um boomerang

Ilustração de Eszter Schall

Deus é um boomerang

e eu sou a sua filha pródiga


Adília Lopes, in Verbo, Deus como interrogação na poesia portuguesa, Assírio&Alvim, 2014, p. 192