Número total de visualizações de página

5 de outubro de 2012

O ridículo



...o ridículo é como uma queimadura por dentro, um ácido em cada momento reavivado pela memória, uma ferida infatigável.

Ilustração de Evgenia Sarkisia
José Saramago, in O Ano da morte de Ricardo Reis

Esperança


Ilustração de Artisalma Deviantart


A esperança, só a esperança, nada mais, chega-se a um ponto em que não há mais nada senão ela, é então que descobrimos que ainda temos tudo.

José Saramago, in O Ano da morte de Ricardo Reis