Número total de visualizações de página

5 de novembro de 2012

Escrita

Ilustração de Simon Corry
Se uma vez por outra escrevo é porque certas coisas não se querem separar de mim tal como eu não quero separar-me delas. No acto de escrevê-las elas penetram em mim para sempre - através da caneta e da mão - como por osmose.

Cristina Campo, in Os imperdoáveis

Sem comentários:

Enviar um comentário