Número total de visualizações de página

1 de outubro de 2012

Outubro: o vinho



Poucas vezes o outono se demorou
tanto nestas águas
sem as cobrir de névoa.
Dos montes desce
o vinho - não tardará nas ruas:
só ele é novo ainda, só
ele dança. Tu e eu
Ilustração de Mihai Criste
vamos com as folhas, as últimas 
aves: tão leve
o que deixamos por herança.

Eugénio de Andrade, in Rente ao dizer

Sem comentários:

Enviar um comentário