Número total de visualizações de página

24 de dezembro de 2011

Deus é não poder

O homem é uma realidade religiosa. O problema é que essa referência possa aparecer como objeto, como se Deus fosse manipulador ou manipulável. Uma espécie de ser mágico de que todas as coisas dependem. Outra coisa é ser algo de que o homem se serve para dominar.  (...) O que o cristianismo trouxe foi que Deus não é poder. É o não-poder. Mas não foi assim que a coisa foi traduzida.

Eduardo Lourenço, Expresso, 23.12.2011 

Sem comentários:

Enviar um comentário